Parque Nacional da Chapada Diamantina.

A Chapada Diamantina acolhe os mais variados tipos de visitantes, trilheiros ou não, é um ótimo lugar para descanso e observação da natureza, e não há como eleger sua paisagem mais bonita sem cometer injustiça, tamanha fartura de atrações e cenários naturais. A Chapada Diamantina, estrategicamente incrustada no coração da Bahia, dispõe de roteiros para todos os "gostos", caminhar pelas matas repletas de trilhas abertas por garimpeiros, ou de carro nas estradas, que ligam os vários pontos turísticos, são as formas de conhecer as belezas da região. Quem tem ânimo, preparo físico e predisposição para aventura pode encarar a trilha Caeté-Açu/Andaraí. São 50 km percorridos em cinco dias de caminhada. Opção mais leve é Caeté-Açú/Lençóis. Em que saindo da pousada pela manhã jantamos a noite em Lençóis.

Passeio de 3h. Próximo da Pousada, subindo a serra, e após uma caminhada de 2 horas, encontramos a cachoeira que tem uma queda livre de 340m.

Com pequena vazão do rio e recebendo um forte vento frontal, a água forma uma cortina de fumaça, e em alguns momentos, a força do vento faz a água retornar subindo a escarpa e dando o efeito que deu origem ao nome.

Essa cachoeira ser vista por cima ou por baixo. Para outros ângulos é preciso consultar o guia.

Cachoeira da Fumaça

Passeio de 3h. A pequena vila do Bomba está no pé do Morro Branco, uma falésia de 400m. Ai estacionamos o carro e a pes atravessando rios e seguindo por caminhos por entre arvores anda-se 10 min até o poço Angélica, uma piscina natural rodeada por vegetação nativa. Seguindo pelo leito do rio, chega-se na belíssima Cachoeira da Purificação, depois cachoeira dos duendes, e dependendo das condições físicas e meteorológicas, com possibilidade de acessar o gerais do vieira, de onde temos uma belíssima visão da planície a cima do morro.

Vila do Bomba, Poço Angélica e Cachoeira da Purificação

A 2:30h, Seguindo em direção ao fundo do Vale, encontramos ja no Parque Nacional da Chapada Diamantina o Gerais do Vieira, que oferece uma paisagem panorâmica do Vale do Capão e os morros que formam o vale do Pati. 

No gerais há vários córregos que formam poços fundos e compridos (Ancoradouros), onde é possível tomar banho. Um dos cenários mais belos da Chapada Diamantina.

Gerais do Vieira e os Poços dos Ancorados

Passeio de 3h. Depois da vila de Caeté Açú, em direção as antigas rodas d'água e acompanhando pela  margem do rio que desce pela encosta da Serra do Candombá, encontramos  inúmeros poços e cachoeiras entre pedras gigantes. Um passeio que permite visualizar as águas vermelhas e a antiga trilha calçada feita para os tropeiros no século passado.

Rodas e Rio Preto:

Passeio de 4h. Vale cada minuto da subida e da caminhada pelos "jardins" da serra do Candombá para ao final encontrar o Poço do Gavião, que tem mais de 100 metros de comprimento, uma lagoa no meio das montanhas. Tanto a ida como a volta pela crista da Serra do Candombá é um sobrevôo acima do Vale do Capão com o Morrão e o Pai Inácio ao longe.

Serra do Candombá e Poço do Gavião

O Rio nasce dentro do Parque Nacional e  serpenteia pelo gerais do Morrão chegando com força total pela escarpa da montanha onde se  forma uma linda cascata com um poço para um banho muito especial. O local é administrado pela prefeitura de Palmeiras em parceria com a associação de guias. Ha cobrança de taxa de entrada.

Tem um belissimo por do sol 

(Passeio que pode-se fazer de carro ate bem perto)

Riachinho

2h Passeio de um dia inteiro. A trilha por entre a vegetação do gerais do Morrão é praticamente toda plana, e você tem a companhia do belo e Imponente Morrão, que pode ser visto de todos os ângulos durante o trajeto, e quem estiver preparado para subi-lo terá um inacreditável visual do Vale do Capão. Atrás dele encontra-se Águas Claras, um belíssimo conjunto de piscinas naturais com cachoeira, um presente da criação em forma de jardim .

(Passeio que pode-se fazer de carro ate o ponto de inicio da trilha)

Morrão e Águas Claras

2h ou o dia inteiro, uma grande piscina natural com lajeado generoso onde pode tomar banho de sol, envoltos pelo murmúrio das aguas e a vegetação típica da região, com suas orquídeas, cactos e bromélias.

(Passeio que pode-se fazer de carro ate bem perto)

Lagoa dos Patos

A pequena e charmosa comunidade da vila de Conceição dos Gatos, entre Palmeiras e o Capão, recebe os visitantes com muita paz no coração, um largo sorriso na face e onde servem uma deliciosa comida regional .

Da entrada da vila ja podemos ver a Queda d'água que domina sua paisagem em um alto paredão de cinqüenta metros de granito rosa inclinado, por onde desce o rio de Conceição, formando um belo poço é propiciando um ótimo banho.

O ideal é passar num dos vários restaurantes encomendar o almoço e ja encontra-lo pronto na volta do passeio.

(Passeio que pode-se fazer de carro ate bem perto)

Conceição dos Gatos

Passeio de 1:30h. A 1.500m acima do nível do mar, o Morro do Pai Inácio, além de suas lendas, tem-se uma vista espetacular da Serra do Sincorá, da Serra da Chapadinha, do Morrão, do Vale do Cercado e do vizinho Morro do Camelo.

O horario do por do sol costuma ser bem concorrido pois esse evento é belissimo visto de la. O local é administrado pela prefeitura de Palmeiras em parceria com o Grupo Ambientalista de Palmeiras GAP.

Ha cobrança de taxa de entrada

(Passeio de para ser feito de carro onde ha estacionamento, loja de artesanato, bar, e banheiro para o visitantes) 

Morro do Pai Inácio

Passeio de 1:30h Ate a região de Iraquara.

A gruta tem extensão de mais de 24 km mapeados, contém incríveis formações, e é considerada a 3ª maior do Brasil.

Cobram taxa de visitação.

(Passeio de para ser feito de carro onde ha estacionamento, loja de artesanato, bar, e banheiro para o visitantes) 

Gruta da Lapa Doce

Passeio de 1:30h. Até a região de Iraquara. Com água transparente e cristalina, é possível fazer passeio de mergulho, onde se verá de perto, milhares de peixes em busca de comida. Não deixe de observar os búzios, que parecem areia no fundo do rio.

Cobram taxa de visitação.

(Passeio de para ser feito de carro onde ha estacionamento, loja de artesanato, bar, e banheiro para o visitantes) 

Pratinha

Passeio de 1:30h. Até a região de Iraquara. Localizada a alguns metros do estacionamento da Pratinha, a gruta azul forma um belo espetáculo no final da tarde, quando o sol bate em suas águas azuis. Não é permitido o banho.

Cobram taxa de visitação.

(Passeio de para ser feito de carro onde ha estacionamento, loja de artesanato, bar, e banheiro para o visitantes) 

Gruta Azul

Passeio de 3h. Na mesma região da Lapa Doce, é uma das mais raras formações de caverna do mundo, onde encontra-se preciosidades, como a Flor de Aragonita e a maior Agulha de Gipsita da América do Sul, com 65cm de comprimento.

Cobram taxa de visitação.

(Passeio de para ser feito de carro onde ha estacionamento, loja de artesanato, bar, e banheiro para o visitantes) 

Gruta da Torrinha

Mais rústica e não tão extensa como a Lapa Doce e a Torrinha, mas também muito interessante. Indicada para quem gosta de mais aventura, tem escadas rústicas e passagens íngremes para descer dentro de um sumidouro.

(Passeio de para ser feito de carro.)

Buraco do Cão/ Bolo de noiva

Na margem da Br 242, Com muitos poços para se tomar banho, escorregadeira natural e chance de descer o paredão do Poço do Diabo de rappel ou tirolesa, uma ótima oportunidade de fazer “esportes radicais”.

Cobram taxa de visitação.

(Passeio de para ser feito de carro onde ha estacionamento, restaurante, loja de artesanato, bar, e banheiro para o visitantes) 

Mucugêzinho e Poço do Diabo